Ninguém quer saber da Copa do Mundo esse ano?

Mais quatro anos se passaram e cá estamos nós… é ano de Copa! Mas calma, aí… será mesmo?!

Onde estão as ruas pintadas de verde e amarelo? Os eventos e inúmeros comerciais fazendo alusão ao grande evento mundial? Ai ai ai, o que está acontecendo com o meu Brasil?

Pela primeira vez em inúmeras copas vividas, noto um certo desinteresse pela mesma. Não vejo os senhores discutindo escalação, as mães em busca do uniforme (quase que militar) verde/amarelo e as marchinhas e cantigas que outrora, soavam como grito de guerra desse povo guerreiro…

… mas calma! A resposta acompanha a questão. Eles me dizem: “O Brasil acordou!”, “Copa? Que nada, olha o caos no país”.

Pois é, meu amigo. Jamais pensei que viveria pra ver isso, mas o povo brasileiro, está preocupado com algo “um pouco mais importante” que o futebol. Comida, segurança, justiça, igualdade e dignidade. Fatores que infelizmente, nossos heróis em campo, não conseguem nos fornecer.

Por décadas, colocamos nossos sonhos “na ponta da chuteira”, apostamos nossa dignidade nos passes de Rivaldo, nos dribles de Robinho e nos chutes de Ronaldo. Nosso planejamento ficava a cargo dos ministros Parreira e Zagallo. E se algo ruim estivesse para acontecer? Meu amigo, aí nossa segurança estava nas mãos de Taffarel (Sai que é suuuuua)!

Ahh… Quem dera poder continuar sonhando, onde nossa maior guerra era em campo e não nas ruas, onde os tiros eram gols e as substituições… sabe, eram para o nosso bem. Mas quando foi que nos perdemos? Ninguém conhece essa terra melhor do que nós mesmos. Somos um povo forte, alegre e batalhador… mas também temos defeitos e sabemos disso!

O brasileiro não quer mais simples rótulos. Já nos cansamos de ser apenas o “país do futebol”   a “terra do carnaval e do oba oba”… xô pra lá República das bananas! Nós somos donos do nosso destino e assim lutaremos! Queremos ser também “o país da educação”, “o país da igualdade” e  “o país da segurança. A cada dia de luta, buscamos a tão sonhada “ordem e progresso” que nos fora prometida.

Mas você pensa que esquecemos nossas raizes?! Nada disso! O povo brasileiro é alegre, vívido e forte! Tenho certeza que quando o juiz soar seu apito e o primeiro toque na redonda rolar, aquela chama ardente vai acender e de novo, seremos um só! De novo, ouvirão desse povo heróico, o brado retumbante

Há de se lembrar, na bandeira nacional não existem apenas cinco estrelas, são vinte e sete. Podem tirar tudo de nós, mas não tirarão nossa capacidade de sonhar por um lindo amanhã e nessa Copa, quando o juiz soar seu apito e o primeiro toque na bola rolar, saibam que estaremos lá, todos juntos, almejando um novo amanhã. Por um mês, nosso Brasil estará  nas mãos (e pés) de Alisson, Miranda, Marcelo, Coutinho, Neymar e companhia. Nosso presidente será Tite e nossos soldados a torcida na arquibancada! Mas quando acabar, lembraremos de novo dos nosso vilões e dos nossos problemas, então voltaremos à luta, caminhando sempre por um futuro melhor.

“Todos juntos vamos pra frente Brasil… salve a nação”!

Comentários